fbpx
minha casa minha vida

Você sabe como funciona o Minha Casa Minha Vida? Descubra aqui!

Saiba tudo sobre as etapas de financiamento de imóvel

Se você quer realizar o sonho da casa própria, certamente sabe que o programa Minha Casa Minha Vida pode ajudar, não é mesmo? Mas, você conhece as regras desse programa? Entende como ele funciona e qual o passo a passo para participar? Se a resposta é não, está na hora de descobrir!

Nesse artigo explicaremos o que é, como funciona e quais são as regras para participar do Minha Casa Minha Vida. Continue a leitura e confira!

O que é e como funciona o Minha Casa Minha Vida

O programa Minha Casa Minha Vida foi criado pelo Governo Federal no ano de 2009. O objetivo principal é facilitar o acesso de famílias de baixa renda à casa própria, o que fez dele um dos maiores programas de habitação do mundo. Ele também tem como meta o incentivo à construção de moradias, tanto em meio urbano quanto rural.

Ele funciona, basicamente, como um financiamento. A grande diferença está na taxa de juros e nas condições de pagamento, que são facilitadas. Outra possibilidade é a de que o programa pague parte do valor total do imóvel ou da entrada para a família, dependendo das condições, podendo atuar também na redução do valor do seguro obrigatório quando há a compra de imóveis.

Os requisitos para participar do Minha Casa Minha Vida

Nem todas as pessoas podem participar do programa Minha Casa Minha Vida. Isso porque ele tem como objetivo facilitar o acesso à moradia para pessoas que, tradicionalmente, não teriam essa oportunidade. O critério de definição é por meio da renda familiar.

São quatro faixas de renda aceitas pelo programa:

  • faixa 1: renda familiar de até R$ 1.800,00 por mês;
  • faixa 1,5: renda familiar entre R$ 1.801,00 e R$ 2.600,00 por mês;
  • faixa 2: renda familiar entre R$ 2.601,00 e R$ 4.000,00 por mês;
  • faixa 3: renda familiar entre R$ 4.001,00 e R$ 7.000,00 por mês.

Caso você se encaixe em algumas dessas faixas, pode iniciar o processo para contratar o programa. Porém, ainda assim será necessário cumprir alguns requisitos, tais como:

  • nunca ter participado de outro programa habitacional;
  • ter mais de 18 anos;
  • não ter nenhum imóvel ou terreno em seu nome;
  • morar há pelo menos 1 ano na cidade onde deseja adquirir o imóvel e;
  • ter trabalhado por pelo menos 3 anos com a carteira assinada.

Passo a passo para contratar o Minha Casa Minha Vida

Você se encaixa nas exigências do Minha Casa Minha Vida e quer contratar o programa? Então descubra agora o passo a passo para realizar esse processo!

Entenda qual a sua faixa

Ao revisar as finanças da família, é importante identificar em qual faixa você se encaixa. De acordo com isso, você pode ter acesso a benefícios diferentes vindos do Governo Federal.

Caso você esteja na faixa 1, por exemplo, pode conseguir o subsídio de até 90% do valor total do imóvel. Além disso, as parcelas são bem mais baixas do que em um financiamento convencional, variando entre R$ 80,00 e R$ 250,00.

Saiba tudo sobre as etapas de financiamento de imóvel

Já para a faixa 1,5, o subsídio pode chegar a R$ 47,5 mil reais, enquanto para a faixa 2 esse valor chega apenas até R$ 29 mil reais. Para a faixa 3, o benefício não está relacionado ao subsídio, mas sim às taxas de juros que não ultrapassam o percentual de 9% ao ano.

Escolha o imóvel

Também é importante entender que existe um limite para o valor do imóvel que é financiado através no Minha Casa Minha Vida. Esse valor varia de acordo com a cidade na qual você mora. Por exemplo, em Belo Horizonte o teto é de 250 mil reais.

O imóvel também precisa ser novo e pode, inclusive, ser adquirido na planta. Com esses critérios em mente, é a hora de buscar o apartamento ou casa perfeita para você e sua família.

Realize uma simulação do financiamento

Com a determinação da sua faixa de renda e o imóvel escolhido, é hora de fazer uma simulação. Isso é importante para que você analise a real viabilidade do financiamento para a sua família e ainda realize um controle das finanças, de forma a viabilizar a realização do sonho.

Reúna os documentos e cadastre-se

Agora é o momento de reunir uma série de documentos, tanto relacionados a você e a situação financeira da sua família, quanto ao imóvel que você pretende adquirir. Esse momento é crucial para a liberação do crédito sem atrasos e, portanto, é essencial que você tenha em mãos uma lista com todos os documentos necessários.

Aqui está a relação dos principais documentos exigidos.

  • documento de identidade, incluindo RH, CNH e CPF;
  • carteira de trabalho;
  • comprovante de estado civil (como certidão de casamento);
  • comprovante de residência;
  • comprovante de renda;
  • declaração do Imposto de Renda;
  • matrícula do imóvel;
  • outros documentos relacionados à obra.

Depois disso, o cadastro deve ser feito na Secretaria de Habitação da prefeitura da sua cidade.

Entre em contato com a Caixa

A responsável pelo financiamento é a Caixa Econômica Federal. Portanto, é importante que você entre em contato com essa instituição e, caso o financiamento seja aprovado, é possível realizar a mudança em menos de um mês.

O que fazer em caso de negativa

Pode ser que, mesmo dentro de todos os critérios estabelecidos, você tenha o financiamento negado. Isso acontece por entrega de documentação equivocada e incompleta ou preferência por famílias que moram em regiões de risco ou atendam a outros critérios de prioridade.

Nesse caso, é importante que você não perca as esperanças. Contar com um profissional especializado pode ser a melhor opção, uma vez que ele pode ajudar no entendimento das razões da negativa e ainda prestar suporte para que você encontre o melhor imóvel e inicie o processo novamente com a documentação adequada. Isso aumenta as suas chances de aprovação no futuro, te levando para mais perto da realização do seu sonho.

O programa Minha Casa Minha Vida já ajudou milhares de pessoas a conquistarem a casa própria. E a ideia é que isso continue acontecendo ao longo do tempo. Você pode ser uma dessas pessoas a realizar o sonho da casa própria com a ajuda do Governo Federal. Siga o passo a passo e comece essa jornada rumo à sua nova casa!

Ficou com alguma dúvida? Então aproveite para deixar um comentário abaixo!

Saiba tudo sobre as etapas de financiamento de imóvel

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.