fbpx

Transferência de financiamento imobiliário: tire as suas dúvidas!

Você comprou um imóvel, mas antes de terminar de pagar todas as parcelas do financiamento decidiu vendê-lo. Agora que encontrou um comprador disposto a pagar um valor justo e arcar com o resto do financiamento, o que fazer nesse momento? É aí que entra a transferência de financiamento imobiliário.

A transferência de financiamento imobiliário é, em essência, a transferência da responsabilidade de arcar com um financiamento de imóvel para outra pessoa.

Geralmente, ela ocorre no processo de venda de um imóvel financiado e, apesar de parecer simples, pode gerar uma série de dúvidas, tanto para quem transfere o financiamento quanto para quem vai arcar com ele.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura e tire todas as suas dúvidas sobre a transferência de financiamento imobiliário!

É possível vender um imóvel financiado?

A primeira grande dúvida, que antecede a questão sobre o financiamento imobiliário, é sobre a venda do imóvel. Afinal, se você ainda não terminou de pagar o apartamento ou a casa pode vendê-lo para outra pessoa?

A resposta é sim, é possível vender um imóvel financiado. Contudo, vale esclarecer uma questão sobre o assunto antes de iniciar o processo: a relação do imóvel com o banco.

Quando você decide financiar um imóvel, não se torna dono dele. O proprietário é o banco e ele só será seu quando você terminar de pagar o financiamento, quando quitar todas as parcelas.

Isso não significa que o banco pode fazer qualquer coisa com o imóvel. Na verdade, nesse momento, você se torna o comprador do imóvel, a pessoa que está em processo de aquisição.

O banco é chamado de “proprietário resolúvel”, o que significa que ele não pode vender, alugar ou usar esse imóvel, mas pode vendê-lo caso você não arque com a dívida. Portanto, você pode, sim, colocar o imóvel à venda, mas o banco precisa ser informado do processo, que só pode ser concluído caso ele aceite o novo comprador.

Quando a transferência de financiamento imobiliário pode ser feita?

A transferência de financiamento imobiliário só pode ser feita quando o banco estiver de acordo com esse processo. Isso significa que, antes de fechar contrato com a pessoa que assumirá o financiamento, é essencial consultar o banco para que ele aceite esse processo.

Isso porque, quando você financiou o imóvel, o banco realizou uma série de análises para garantir que teria condições de arcar com essa dívida. Dessa forma, o mesmo deve ser feito com o novo proprietário. Afinal, o banco não aprovará uma transferência de financiamento para alguém que pode não conseguir arcar com essa responsabilidade.

Quais os riscos de realizar a transferência de financiamento imobiliário sem consultar o banco?

Existe, sim, a possibilidade de realizar a transferência de financiamento imobiliário sem consultar o banco. Entretanto, ela envolve uma série de riscos. Em primeiro lugar, vale lembrar de que o banco é o dono do imóvel nesse momento. Portanto, qualquer contrato de venda do apartamento ou casa precisa ser assinado por ele. Caso contrário, ele não tem total validade.

Saiba tudo sobre as etapas de financiamento de imóvel

Se o novo proprietário não conseguir pagar todo o financiamento, o banco entrará em contato com você e não com ele. Afinal, para o banco, você ainda é o comprador. Dessa forma, é possível que você seja responsabilizado pelas parcelas não pagas e, no caso de não conseguir entrar em um acordo, pode ter o seu nome incluído no SPC/SERASA.

Como realizar a transferência de financiamento imobiliário de forma correta?

Para evitar problemas na transferência de financiamento imobiliário, é importante realizar todo o processo de forma correta. Para isso, é necessário encontrar o comprador e acertar todas as questões referentes ao pagamento e ao valor do imóvel.

Ou seja, fazer um pré-contrato com esse comprador, assegurando que as condições são adequadas para ambas as partes.

A partir desse momento, entre em contato com o banco no qual você realizou o financiamento. O banco vai solicitar uma série de documentos do comprador, de forma a realizar a análise do crédito.

Portanto, envie toda a documentação necessária para que o processo seja realizado da melhor forma possível. Quando tudo for aprovado, basta assinar o contrato e enviá-lo ao banco. Então, espere a aprovação do contrato para realizar a transferência do imóvel.

O processo de transferência gera algum custo?

A transferência de financiamento imobiliário gera, sim, alguns custos. Não é possível dizer ao certo quanto será necessário, uma vez que isso varia de acordo com o banco e as taxas da região onde você reside. É preciso, em primeiro lugar, arcar com os impostos relacionados ao financiamento e à transferência.

Além disso, também existem taxas de cartório relacionadas à emissão e ao registro dos documentos do processo. Vale acertar, antes mesmo de entrar em contato com o banco, quem vai arcar com esses custos, você ou o novo comprador. Dessa forma, você tem mais tranquilidade para planejar o processo sem maiores sustos.

É possível trocar de banco durante o processo de transferência?

Diante da importância do banco durante todo o processo de transferência de financiamento imobiliário, pode surgir a dúvida sobre a possibilidade de ir para outra instituição, que permita taxas mais adequadas à realidade do novo comprador.

A boa notícia é que isso é possível: é a chamada portabilidade de financiamento. Isso pode ser feito a qualquer momento e exige que você entre em contato com o banco inicial e a instituição para a qual o financiamento será transferido.

Pesquise sobre as condições para realizar o processo e quais os documentos necessários. Isso porque alguns bancos exigem que determinada quantidade de parcelas já tenham sido pagas para realizar a portabilidade. A partir disso, basta iniciar o processo de portabilidade, apresentando todos os documentos necessários e realizando os trâmites burocráticos.

Como você pôde perceber, a transferência de financiamento imobiliário é um assunto sério, que exige que você entre em contato com o banco responsável pelo imóvel. Contudo, é possível realizar esse processo e, com todos os cuidados em mente, você consegue transferir o financiamento com tranquilidade e segurança para ambas as partes.

Esperamos que tenhamos tirado todas as suas dúvidas sobre transferência de financiamento imobiliário! Se quiser saber mais novidades e ficar por dentro de tudo, é só nos procurar aqui nos comentários ou nas redes sociais da VPR Imóveis. Estamos sempre disponíveis para tirar as suas dúvidas sobre esse ou qualquer outro assunto do mercado!

Não deixe também de continuar navegando pelo nosso blog. Por aqui, falamos não só sobre o mercado imobiliário e Buritis, mas também te damos várias dicas sobre o dia a dia, arquitetura e mais.

Saiba tudo sobre as etapas de financiamento de imóvel

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.